compartilhe>

O preso que havia se disfarçado de mulher para tentar fugir do Complexo Penitenciário de Gericinó, no Rio de Janeiro, no último sábado(3), foi encontrado morto em sua cela nesta terça-feira (6) na Penitenciária de Bangu I, para onde havia sido transferido após o episódio.

De acordo com informações da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), Clauvino da Silva, de 42 anos, estava enforcado com um lençol. Foi aberta uma sindicância interna para apurar a morte do sentenciado.

No fim de semana, o detento havia utilizado máscara, peruca e vestido roupas de mulher para tentar se passar por uma visita e fugir do presídio, mas acabou flagrado por agentes penitenciários.

A filha dele, Ana Gabriele da Silva, de 19 anos, ficaria em seu lugar. Ela vai responder na Justiça por facilitação de fuga, com pena prevista de seis meses a dois anos de detenção. Outras oito pessoas são suspeitas de integrar o plano