compartilhe>

 

Suspeitos arremessaram dezenas de aparelhos celulares, fones de ouvido, carregadores e chips de telefone para dentro da Penitenciária Adriano Marrey, de Guarulhos, na noite desta segunda-feira (08).

Todo o material foi apreendido por agentes de segurança penitenciária (ASPs), auxiliados pelos agentes de escolta e vigilância penitenciária (AEVPs) que estavam de plantão na unidade, e encaminhado à delegacia de polícia civil mais próxima para registro de boletim de ocorrência.

Os responsáveis pelo arremesso não foram encontrados, enquanto os servidores tentarão apurar, dentro da unidade, quem seriam os sentenciados que receberiam os celulares.

A prática de atirar objetos ilícitos para beneficiar presos tem se tornado bastante comum no sistema prisional paulista, com aumento notório do número de apreensões, sobretudo com o aperto do cerco nas fiscalizações via scanner corporal que evitam a entrada de visitas com material proibido.

A penitenciária II de Guarulhos está superlotada, com 2.178 presos vivendo em local com capacidade para apenas 1.216.