compartilhe>

É hoje! O Dia de D! Luta contra o projeto de privatização do Sistema Prisional apresentado pelo governo João Dória(PSDB), sem discussão prévia com a sociedade civil ou trabalhadores penitenciários. Após a audiência pública da Secretaria de Administração Penitenciária(SAP) que aconteceu nesta segunda-feira, 06/05, ficou claro que o governo do Estado já estabeleceu uma meta de venda do sistema. Perante este quadro o SIFUSPESP vai à rua posicionar-se contra  a transformação das novas unidades prisionais de Gália, Registro e Araguaí em terceirizadas. Além do risco de que o governador siga na intenção de privatizar todo o sistema.

 

Remanescentes dos concursos no ato contra a privatização e pela melhoria do sistema prisional

“A presença de todos os servidores na manifestação é fundamental para unir forças e pressionar o governo a parar o processo que se inicia a partir das unidades construídas com dinheiro público que serão inauguradas em 2019. Estamos na rua contra o risco da venda do sistema para o crime organizado, convidando a população e todos os trabalhadores a juntar-se a nós. A luta é pela segurança pública”, afirma o presidente do SIFUSPESP, Fábio Jabá.

 

A tática do governo agora é dar impressão de que a privatização do sistema penitenciário tem apoio da sociedade, sobretudo de organizações sociais, esta foi a mesma estratégia usada em Minas Gerais para implementar o sistema de Ribeirão das Neves, mas no caso de São Paulo, é usado por Dória como ferramenta para dar impressão de transparência, mas na prática Dória esconde da sociedade que neste momento privatizar o sistema leva a segurança social e nacional a um risco que não está sendo considerado. 

 

A manifestação acontece na Praça Oswaldo  Cruz, no Paraíso. servidores do Sistema Penitenciário Paulista, o momento é de união de forças! Venha!

Abaixo a indicação da localização: