compartilhe>

Trabalhadores deverão votar em unidades onde houver sessões especiais eleitorais ou ir até suas sessões originais em regime de revezamento com os colegas, caso elas não tenham sido instaladas

 

A Secretaria de Administração Penitenciária(SAP) garantiu que todos os servidores do sistema prisional paulista poderão votar normalmente nas eleições de domingo, 07/10, quando acontece o primeiro turno do pleito de 2018.

Na ocasião, os trabalhadores lotados em unidades onde existem sessões especiais eleitorais poderão votar dentro das próprias unidades. Onde elas não existirem, será possível ao funcionário se deslocar para sua sessão original, desde que seja acertado um modelo de revezamento com os colegas.

A medida é necessária para garantir a segurança das penitenciárias enquanto durar o período de votação, que vai das 8h às 17h de domingo.

Neste ano, serão eleitos presidente, governadores, deputados federais, estaduais, distritais e senadores.

Para aqueles trabalhadores que não residem em seu domicílio eleitoral, e que não conseguiram optar pelo voto em trânsito em tempo hábil, é preciso comparecer em uma sessão para justificar a ausência.

Para os servidores públicos, a falta em três eleições seguidas sem a justificativa acarreta na suspensão do título de eleitor e também no não pagamento do salário no segundo mês subsequente à eleição.

Participe das eleições! Seja parte da democracia!