compartilhe>

São Vicente

Cinco mulheres foram barradas ao tentar entrar com drogas em unidades prisionais de São Vicente. Os flagrantes aconteceram no final de semana, dias 29 e 30 de setembro, e mais de 530 gramas de entorpecentes foram apreendidos com as visitantes, que carregavam o material na vagina ou em calçados.

No sábado, a companheira de um detento da Penitenciária “Dr. Geraldo de Andrade Vieira”, a P1 de São Vicente, foi surpreendida ao passar pelo escâner corporal com 166 gramas de maconha que trazia em um invólucro dentro da genitália. Ao ser questionada pelas servidoras, a jovem, de 19 anos, admitiu que portava drogas no corpo e retirou o material espontaneamente, em sala reservada.

Mais tarde, outra visitante da unidade foi frustrada com a mesma estratégia. As imagens geradas pelo scanner corporal apontavam um objeto estranho na região abdominal da moça, de 20 anos, que negou carregar ilícitos. A suspeita, então, foi encaminhada ao Pronto-socorro local para fazer o exame de raio-X, quando foi constatado que ela trazia 57 gramas de cocaína revestidos em fita adesiva dentro de sua genitália.

No dia seguinte, agentes de segurança encontraram porções de maconha escondidas nas tiras dos chinelos de uma visitante. A jovem, de 24 anos, é companheira de um sentenciado da P1.

Ainda no domingo, duas mulheres foram surpreendidas com drogas dentro do órgão genital na Penitenciária 2 de São Vicente. Ambas foram flagradas ao serem submetidas à revista por meio do aparelho de escaneamento corporal. A mais jovem, de 20 anos, trazia 35 gramas de maconha e 136 gramas de pasta base de cocaína em um invólucro na parte intima, enquanto que a mais velha, de 29 anos, carregava 31 gramas de maconha e 103 gramas de pasta base de cocaína.

  

 

Leia a Matéria:

http://www.sap.sp.gov.br/