compartilhe>

Detentos depredaram estrutura do prédio neste domingo(26) e usaram familiares como escudo

 

Pelo menos 33 detentos ficaram feridos neste domingo (26), após promoverem uma rebelião durante o dia de visitas familiares na Casa de Custódia de Vila Velha, município da região metropolitana de Vitória, capital do Espírito Santo.

O motim foi controlado após ação da Diretoria de Operações Táticas da Secretaria de Estado da Justiça(Sejus), que conseguiu negociar com os sentenciados e impedir uma possível tentativa de fuga.

De acordo com informações oficiais da pasta responsável pela administração penitenciária do Estado, os presos teriam usado os próprios familiares como escudo humano a fim de se defender da intervenção dos agentes.

No total, 65 detentos foram identificados como autores da rebelião. As visitas que haviam sido feitas como reféns foram liberadas sem ferimentos, enquanto três dos presos tiveram de ser atendidos em hospitais da região do bairro da Glória, onde fica o presídio.