compartilhe>

Araraquara

No sábado, (06/10), durante revista de praxe utilizando o aparelho de escaneamento corporal, Agentes de Segurança Penitenciária, observaram imagem em desconformidade nas costas de uma mulher que visitaria o irmão no Anexo de Detenção Provisória da Penitenciária “Dr. Sebastião Martins Silveira” de Araraquara. Ao proceder o escaneamento uma vez mais. Questionada, a mulher confessou que trazia 02 tabletes de maconha presos em suas costas. Imediatamente a Polícia Militar foi acionada através do telefone 190 e, ao chegarem ao local os policiais deram voz de prisão e conduziram a visitante ao plantão para as medidas cabíveis.

Cerqueira César

Também no sábado (06/10), durante averiguação através do scanner corporal, Agentes de Segurança Penitenciária observaram uma anormalidade na imagem, mais precisamente na região pélvica de uma visitante na Penitenciária de Cerqueira César. Realizando outra vez o procedimento, a visitante foi levada a presença do diretor de plantão, quando se propôs a entregar o entorpecente que havia introduzido em seu próprio corpo. Levada a uma sala reserva na presença de uma Agente Penitenciária, ela retirou da parte íntima um invólucro que, ao ser aberto, revelou uma erva esverdeada com características de maconha, pesando quase 55 gramas. A Polícia Militar foi acionada para os procedimentos cabíveis. Foi instaurado procedimento interno para apurar a participação do preso que seria visitado no delito.

Taquarituba

A entrada de visitantes ocorria tranquilamente no dia (06/10), sábado, Agentes de segurança interceptaram mais de 65 gramas de drogas com visitante na Penitenciária de Taquarituba. Ao passar pela revista no scanner corporal, imagem revelou substância estranha na altura da cintura e também do peito da mulher que visitaria o Amásio. As Agentes Penitenciárias procederam a revista manual nas roupas íntimas da mulher, encontrando 20 gramas de cocaína no forro do bojo do sutiã, além de 45 gramas de maconha na calcinha. A visitante foi encaminhada para a Delegacia de polícia. O preso vinculado a ela foi isolado preventivamente para apuração interna para investigar seu envolvimento no delito.

  

 

http://www.sap.sp.gov.br/