compartilhe>

O policial penal André Santana, do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, morreu na manhã desta quinta-feira (25) em decorrência do novo coronavírus (COVID-19). 

Internado inicialmente com sintomas de gripe, recebeu tratamento para dengue e, com o agravamento do quadro de saúde, foi realizado teste confirmando a COVID-19. Familiares próximos também testaram positivo. 

Com apenas 35 anos de idade, Santana residia em Assis, não tinha comorbidades ou qualquer problema de saúde anterior, e é o 20º servidor penitenciário do sistema prisional paulista a perder a vida devido ao contágio pela COVID-19. Deixa esposa e uma filha pequena. 

Outros 245 trabalhadores penitenciários foram infectados e 78 estão com suspeita de contágio, segundo apuração realizada pelo SIFUSPESP. 

A direção do SIFUSPESP expressa seu profundo pesar e condolências aos familiares, amigos e parentes do policial penal, e está à disposição da família para o que for preciso neste momento de luto.