compartilhe>

Agentes de segurança penitenciária evitaram que uma mulher entrasse com um celular escondido em suas partes íntimas na Penitenciária “Silvio Yoshihico Hinohara”, de Presidente Bernardes. O caso aconteceu no último sábado(02).

O aparelho de telefonia foi encontrado com a ajuda da fiscalização do scanner corporal.

Ainda na mesma unidade prisional, mas no domingo(03), uma visita foi flagrada com 11 pedaços papéis contendo a droga conhecida como K4.

O entorpecente estava escondido nas roupas dela.

Em ambos os casos, as mulheres foram suspensas do rol de visitas, e encaminhadas à delegacia local para que fosse lavrado o boletim de ocorrência.

Também foram instalados procedimentos disciplinares internos para investigar a participação dos sentenciados que receberiam a droga e o celular nas contravenções.