compartilhe>

Atendimento jurídico, clínica oftalmológica e acesso a documentação para armas estarão disponíveis no CDP II do Belém, zona leste da capital. Nas próximas semanas, trabalho vai se espalhar pelo Estado.

 

Por Giovanni Giocondo

O Centro de Detenção Provisória(CDP) II do Belém, na zona leste de São Paulo,  é o espaço escolhido para o início da ação social SIFUSPESP neste 18 de outubro (sexta-feira).  A ação é a partir das 10h, com o oferecimento de uma variedade de serviços gratuitos e também com a presença do presidente do sindicato, Fábio Jabá, que iniciou sua carreira nesta unidade, no ano 2000.

Será um dia inteiro de atendimento especial para consultorias e debates com os sindicalistas, advogados e colaboradores do SIFUSPESP, que trarão aos servidores  acesso a diversas demandas cotidianas nos setores jurídico, de documentação para armamento e saúde.

O trabalho começa com a Ótica Red Blue, que vai oferecer exames oftalmológicos especializados e consultas médicas para todos os trabalhadores penitenciários, de graça e sem filas. A empresa também trará à exposição suas armações e lentes que vão ter descontos exclusivos para os associados ao sindicato.

A postos, os advogados da sede do SIFUSPESP em São Paulo vão prestar atendimento completo e esclarecer dúvidas dos servidores nas mais variadas áreas, desde os processos fazendários e trabalhistas, passando pelo administrativo, aposentadoria especial e acesso aos afastamentos por licença médica, entre outros.

Para quem precisa de documentação ligada à compra e à transferência de armas junto à Polícia Federal, além de treinamento em clubes de tiro, consultorias e testes psicológicos no setor, a Sniper Nascimento ficará à disposição. 

Simultaneamente, também serão disponibilizados os chamados “bolachões” com a carteira funcional dos agentes, que podem ser adquiridos com preços em promoção.

Todas as regiões do Estado terão acesso aos mesmos serviços a partir das semanas seguintes, em datas que ainda serão divulgadas no site e nas redes sociais do sindicato.

Para o presidente do SIFUSPESP, Fábio Jabá, a ação social marca o início de um contato mais direto com os trabalhadores penitenciários nesta reta final de 2019, um ano marcado por grande número de mobilizações por parte do sindicato no sentido da defesa dos direitos dos servidores do sistema prisional.

“Audiências públicas, atos e manifestações, reuniões e lutas diárias contra a privatização, pela campanha salarial, a favor de mais nomeações dos aprovados nos concursos e pelo fim do déficit e da superlotação estiveram de forma permanente em nosso horizonte e assim permanecerão”, ressalta Jabá. 

No olhar do sindicalista, para além dessas batalhas que prosseguem, “é preciso um cuidado especial com o sócio que depende destes e de outros serviços que estão sendo disponibilizados como parte de um trabalho contínuo para que o SIFUSPESP se torne cada vez mais forte e a categoria, mais unida e próspera. A partir dessa ação social, o bem estar e os interesses dos trabalhadores penitenciários estarão em primeiro lugar”, reitera.

Serviço
Ação Social e SIFUSPESP
Início: 18/10/2019 (sexta-feira)
Local: Centro de Detenção Provisória(CDP) II do Belém, São Paulo
Horário: a partir das 10h
Modelos de atendimento: jurídico, documentação para armas, consulta oftalmológica e ótica