compartilhe>

 

Um agente de segurança penitenciária(ASP) foi agredido neste domingo(07)  por um preso na Penitenciária de Iperó, no interior paulista.

O caso  aconteceu quando o servidor fazia a contagem dos detentos. Um dos sentenciados atirou água no rosto do funcionário e depois tentou atacá-lo pelo guichê. Felizmente, o ASP conseguiu escapar sem ferimentos. 

Os procedimentos-padrão de situações semelhantes foram adotados no raio onde foi registrado a agressão, além  da elaboração de uma Notificação de Acidente de Trabalho(NAT).

Iperó é uma das penitenciárias paulistas com alto índice de superlotação. De acordo com dados da Secretaria de Administração Penitenciária(SAP), a unidade possui atualmente 2.262 presos, diante de uma capacidade para somente 1.286, sem contar as alas de detenção provisória e progressão.