compartilhe>

Suzano

Foram apreendidos 185,9 gramas de entorpecentes com visitantes durante o final de semana no Centro de Detenção Provisória de Suzano. Duas mulheres foram flagradas tentando entrar na unidade carregando drogas na pélvis.

No sábado, dia 15/09, as agentes de segurança penitenciária perceberam um objeto estranho na região íntima de uma visitante, pelas imagens geradas pelo aparelho de escaneamento corporal. Ao ser questionada, a suspeita admitiu que trazia drogas dentro do órgão genital e retirou, espontaneamente e em local reservado, um invólucro com 118,3 gramas de cocaína.

No dia seguinte, uma jovem de 23 anos foi frustrada com a mesma estratégia. A visitantes trazia dois invólucros na parte íntima, um com 56,9 gramas de cocaína e outro com 10,7 gramas de maconha. Ambas são companheiras de detentos do CDP.

 

Tremembé

Na Penitenciária "Tarcizo Leonce Pinheiro Cintra", a P1 de Tremembé, no sábado, dia 15 de setembro, uma visitante foi frustrada ao tentar entrar com dois invólucros com drogas escondidos em seu absorvente. A jovem, de 23 anos, foi surpreendida ao passar pelo procedimento de revista por meio de escaneamento corporal. Ao ser questionada, a suspeita confessou que trazia os entorpecentes e retirou, espontaneamente e em local reservado, 25 gramas de maconha e 26 gramas de cocaína que trazia na calcinha.

 

São José dos Campos

No sábado, 15 de setembro, no Centro de Detenção Provisória de São José dos Campos, a avó de um detento foi flagrada com um celular escondido em seu top. O objeto também foi identificado por scanner corporal, quando as agentes de segurança notaram um volume estranho no corpo da idosa, de 65 anos.

São Vicente

No domingo, dia 16 de setembro, na Penitenciária 2 de São Vicente, duas jovens foram barradas ao serem submetidas ao procedimento de revista por meio de escaneamento corporal. As imagens geradas pelo aparelho indicaram objetos estranhos na região pélvica das suspeitas. Uma das visitantes, de 23 anos, foi flagrada com um invólucro com 40 gramas de maconha e 96 gramas de cocaína introduzido na genitália. A segunda visitante, de 24 anos, carregava 30 gramas de maconha envoltos em fita adesiva dentro de seu órgão genital.

 

Praia Grande

No Centro de Detenção Provisória "ASP Charles Demitre Teixeira", o CDP de Praia Grande, uma mulher foi surpreendida quando as agentes de segurança penitenciária observaram que havia material ilícito em sua meia. Com as imagens do scanner corporal, foi possível encontrar dois comprimidos de estimulantes sexual e uma pequena porção de maconha que a visitante, de 45 anos, tentava inserir na unidade.. O fato ocorreu no domingo, dia 16/09.

 

Leia a Matéria

http://www.sap.sp.gov.br/