compartilhe>

Praia Grande

Num dos casos mais chocantes, em Praia Grande, agentes de segurança penitenciária do Centro de Detenção Provisória "ASP Charles Demitre Teixeira", o CDP de Praia Grande, barraram a entrada de uma mulher com seu bebê ao descobrirem que a suspeita trazia quatro gramas de maconha costurados no babador da criança, de três meses. A visitante, é esposa de um preso do estabelecimento penal. O caso aconteceu no domingo, 26/08.

  

São Vicente

No sábado, dia 25 de agosto, uma visitante foi flagrada com 32 gramas de maconha e 66 gramas de pasta de cocaína em um invólucro introduzido na vagina. A apreensão aconteceu na Penitenciária 2 de São Vicente e o material foi detectado nas imagens colhidas pelo aparelho de escaneamento corporal.

No dia seguinte, a unidade registrou mais dois casos semelhantes. Uma jovem e uma mulher foram surpreendidas com invólucros de maconha em suas genitais. Ambas são companheiras de sentenciados da penitenciária e carregavam, respectivamente, 11 gramas e 14 gramas da erva. A droga foi detectada quando as duas foram submetidas à revista pelo body scanner.

 

Potim

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que uma visitante foi surpreendida com uma porção de maconha escondida na barra da calça na Penitenciária 2 de Potim. O flagrante aconteceu no domingo, dia 26 de agosto, durante as visitas de final de semana.

Os agentes de segurança da unidade suspeitaram de volume estranho na roupa da jovem, detectado nas imagens colhidas pelo scanner corporal . Com o procedimento de revista manual, foi encontrado, então, 1 grama de maconha costurado na barra de sua calça.

 

Fonte: SAP

http://www.sap.sp.gov.br/