compartilhe>

 

Servidores socorreram detento, que foi encaminhado à Santa Casa da cidade mas não resistiu

 

Um preso morreu no último domingo, 20/08, em Osvaldo Cruz, no interior paulista, após sofrer um choque cardiogênico ligado à hipertensão arterial. O detento, que tinha 49 anos, cumpria sua pena na Penitenciária de Dracena, mas estava na unidade de Osvaldo Cruz porque tinha uma consulta agendada para fazer no Ambulatório Médico de Especialidades de Tupã ainda nesta semana.

 

O sentenciado sentiu falta de ar e avisou aos servidores, que fizeram o atendimento preliminar na enfermaria da unidade. Posteriormente, o preso foi encaminhado à Santa Casa do município, onde chegou a ser socorrido mas não resistiu e faleceu.


A Secretaria de Administração Penitenciária(SAP) divulgou o laudo médico que atesta a causa da morte do detento, e informou que foi aberto “procedimento de apuração preliminar” para esclarecer os fatos envolvendo o óbito.