compartilhe>

Lavínia

Na Penitenciária II "Luis Aparecido Fernandes" de Lavínia, no sábado, 18/08, duas visitantes, ambas companheiras de presos da unidade, foram flagradas tentando entrar com ilícitos escondidos no genitais. A primeira com um micro aparelho de telefonia móvel celular e a segunda, com uma porção de cocaína. As apreensões ocorreram após agentes perceberem algo estranho nas imagens obtidas em revista por meio do uso do aparelho de scanner corporal da unidade.

Já na Penitenciária III "ASP Paulo Guimarães" de Lavínia, as apreensões aconteceram todas no domingo, 19/08. Na primeira, agentes encontraram em uma das vasilhas de alimentação trazida por companheira de sentenciado da unidade duas placas com visor de telefone celular e um micro celular. Os objetos estavam escondidos em meio aos alimentos revestidos em fita isolante. Em seguida, duas visitantes foram flagradas tentando entrar com entorpecentes escondidos nos chinelos que usavam. Uma levava maconha e cocaína, outra apenas maconha. Todas foram levadas para a Delegacia de Polícia de Lavínia.

  

Presidente Bernardes

No último sábado, 18/08, duas visitantes do sexo feminino, foram surpreendidas tentando entrar com substância ilícita e objeto proibido na Penitenciária “Silvio Yoshihiko Hinohara” de Presidente Bernardes.

Durante procedimento de revista no scanner corporal, foi constatado que uma visitante portava objeto suspeito em sua genitália. Solicitado à mesma que retirasse o objeto, esta concordou de imediato, sendo constatado que se tratava de um aparelho de telefonia celular. Mais tarde, durante o procedimento de revista nas vasilhas de alimentos que outra visitante trazia para o seu companheiro, foi encontrado dentro de uma vasilha com macarronada, 29 tubetes de maconha, com aparência de gomos de linguiça.

  

Riolândia

Na Penitenciária "João Batista de Santana" de Riolândia, agentes encontraram quatro comprimidos de cor azul, aparentando ser estimulante sexual, durante procedimentos rotineiros de revista no raio X de alimentos trazidos por visitante, companheira de preso da unidade.

Mirandópolis

Na Penitenciária I "Nestor Canoa" de Mirandópolis, tanto no sábado, 18/08, quando no domingo, 19/08, foram apreendidos saquinhos com bebida alcóolica, além de maconha, escondidos em meio aos alimentos que seriam entregues a sentenciados, trazidos por visitantes. No sábado, eram 12 sacos plásticos contendo bebida alcoólica, além de uma porção de maconha. Já no domingo, foram encontrados outros 13 saquinhos.

Já na Penitenciária II "ASP Lindolfo Terçariol Filho", da mesma cidade, agentes encontraram dentro de um saco de leite em pó, em meio aos pertences de companheira do detento da unidade, manuscritos diversos, destinados a familiares de sentenciados.

 

Martinópolis

Duas visitantes, sendo uma companheira de sentenciado da Penitenciária "Tacyan Menezes de Lucena" de Martinópolis, outra esposa de outro preso da mesma unidade, foram flagrada tentando entrar com cocaína na unidade no último sábado, 18/08. Ambas foram flagradas por meio do uso de aparelho de scanner corporal e em ambos os casos, elas ocultaram invólucros nos genitais.

 

Pacaembu

Agentes surpreenderam visitante tentando entrar com um celular oculto no genitais na Penitenciária "Ozias Lúcio dos Santos" de Pacaembu. O flagrante da companheira de preso da unidade foi feito por meio do scanner corporal e aconteceu no sábado, 18/08.

Andradina

Ao passar visitante pelo scanner corporal da Penitenciária “ASP Anísio Aparecido de Oliveira” de Andradina, agentes encontraram algo estranho na área genital dela. Após verificação em local reservado, foi encontrado no forro da calcinha um volume contendo maconha. A Polícia Militar foi acionada, sendo a visitante conduzida a Delegacia de Polícia.

Casa Branca

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que no sábado, 18/08, uma mulher foi detida na Penitenciária ‘Joaquim de Sylos Cintra’, de Casa Branca, durante o procedimento de revista ao tentar entrar na unidade prisional com 175 gramas de cocaína introduzidos na região íntima.

Agentes perceberam alteração na região pélvica da suspeita e perguntaram a respeito do que se tratava, logo, ela confessou que estava com material ilícito e o retirou espontaneamente. Em seguida, a mulher foi encaminhada ao plantão policial, onde permanece à disposição da Justiça.

 

Fonte: SAP

http://www.sap.sp.gov.b