compartilhe>

 

O Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (SIFUSPESP)  vem por meio desta manifestar veemente repúdio à atitude da Polícia Militar de efetuar prisão de representantes sindicais durante manifestação pacífica que ocorreu nesta quinta-feira 29/03 em Caraguatatuba.

Entendemos que tal atitude possui caráter político de desmobilização do movimento de luta do trabalhador, uma vez que a manifestação era de caráter pacífico. Os trabalhadores representantes do Sindicato da Construção Civil realizavam uma assembleia com os trabalhadores de uma terceirizada da Petrobrás em Caraguatatuba.

A decisão, a partir daí foi de bloqueio da rodovia, o que segundo informou o sindicato  fazia parte de uma das ações para reivindicar melhorias salariais, a discussão do acordo coletivo da categoria e manutenção de postos de trabalho que correm risco de serem fechados.

O SIFUSPESP entende que manifestações dessa natureza são um direito constitucional do servidor e apoia os sindicalistas e demais trabalhadores em suas reivindicações, lembrando que a atual atuação política trabalhista do governo atual e a tendência dos tribunais privilegia cada vez mais a classe empresarial. Os trabalhadores vêm sofrendo uma série de perda de direitos com as alterações legais que vem sido impostas sem apoio popular.

Ambos sindicatos envolvidos na manifestação são apoiadores das causas das demais categorias trabalhadoras e estiveram presentes em manifestações que aconteceram na região do Vale do Paraíba e litoral contra as reformas trabalhista e previdenciária, assim como em manifestações realizadas pela categoria de funcionários prisionais por melhores condições de trabalho.



Diretoria do SIFUSPESP