compartilhe>

O traficante de drogas Edilson Borges Nogueira, o Biroska, de 44 anos, foi assassinado a facadas nesta terça-feira, 5, durante o banho de sol na Penitenciária 2 (P2) de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, onde estão detidos a maioria dos chefes do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Um dos maiores líderes e financiadores dessa facção criminosa, Biroska era responsável pelo tráfico de drogas em Diadema, no ABC Paulista, e pertencera à cúpula do crime organizado. 

Seu assassinato acontece em meio à revelação feita pelo procurador de Justiça Márcio Sérgio Christino de que o líder máximo do PCC, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, teria sido informante da polícia, entregando antigos líderes da facção para assumir o poder. 

 

Cobertura completa:

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/12/05/lider-do-pcc-e-assassinado-por-presidiarios-no-interior-de-sp.htm

https://veja.abril.com.br/brasil/ex-financiador-do-pcc-e-assassinado-dentro-de-penitenciaria-em-sp/#

https://noticias.r7.com/sao-paulo/ex-lider-do-pcc-e-morto-em-banho-de-sol-em-presidio-do-interior-de-sp-05122017

http://www.folhadaregiao.com.br/interior/chefe-financeiro-do-pcc-%C3%A9-assassinado-com-estilete-em-pres%C3%ADdio-1.377300