compartilhe>

Políticos condenados pela Operação Lava-Jato, antes acostumados com o luxo conhecem dureza de ficar trancafiados. Eles cumprem pena em quatro unidades prisionais espalhadas pelo país

Entretanto, mesmo dentro dos presídios, os políticos recebem um tratamento diferenciado dos demais internos. “O sistema penitenciário brasileiro está deteriorado. Os presos da Lava-Jato vivem uma espécie de ‘oásis’, se comparado ao sistema tradicional. Eles não ficam em celas superlotadas, por exemplo, e não são alocados em presídios mais perigosos, como o de Roraima”, o desembargador José Laurindo de Souza, professor da Escola de Magistratura do Paraná, destaca. As condições de internação também contribuem para que muitos decidam fechar delação premiada.

Leia a matéria na íntegra:

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2017/07/16/internas_polbraeco,610015/papuda-nova-casa-dos-politicos.shtml

 

#ForaTemer #PolíciaPenal #ContraPEC287

FORTALEÇA A LUTA, FILIE-SE

Cruzeiro do Sul/ AC - A Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário do Acre (Asspen) informou que duas mulheres tentaram entrar num presídio de Cruzeiro do Sul com cinco celulares e mais acessórios dentro de um saco de salgadinhos e uma caixa de achocolatado. As mulheres tentaram dissuadir os agentes penitenciários usando uma criança de 3 anos, filho de uma delas. Uma tentou passar para outra o suposto “lanche”, que seria entregue à esta criança, pela lateral do detector de matais. Os agentes penitenciários, porém perceberam a movimentação e checaram o suposto lanchinho, encontrando o material que foi apreendido.

 Leia a matéria na íntegra:

http://g1.globo.com/ac/cruzeiro-do-sul-regiao/noticia/mulheres-sao-pegas-tentando-entrar-com-5-celulares-dentro-de-saco-de-salgadinhos-em-presidio-no-acre.ghtml

 

#ForaTemer #PolíciaPenal #ContraPEC287

FORTALEÇA A LUTA, FILIE-SE