Campanha Salarial VII - 2011

Conquistas
Tipografia

O SIFUSPESP inova e apresenta três pautas de reivindicações, fundamentadas, aprovadas em assembleias. A primeira das pautas aprovadas diz respeito às reivindicações específicas do pessoal técnico e da área-meio. As outras duas, voltadas para as necessidades dos ASPs e AEVPs, foram as seguintes: a técnico e financeira, para ser negociada com a Secretaria de Gestão Pública; e a pauta de condições de trabalho e saúde do trabalhador, protocolada junto à Secretaria da Administração Penitenciária.

Passamos a utilizar como referência salarial o mínimo defendido pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), que no mês de maio deste corrente ano está mensurado em R$ 2.293,31, acrescido dos adicionais referentes aos riscos e ameaças inerentes à função (insalubridade, ALE e GAEV).

Ainda estamos escrevendo esta página da história, mas o passado nos mostra que as conquistas dos trabalhadores são árduas, conseqüência de luta, perseverança, obstinação e união de todos.

Temos grandes empreitadas pela frente quanto à nossa valorização salarial e melhores condições de trabalho (presídios superlotados, falta de funcionários, etc.). Mas já temos conquistas importantes, e não podemos desistir nunca, seja em virtude das dificuldades do dia-a-dia, ou da intransigência do mau patrão, ou ainda do espírito de desunião e individualismo que domina a muitos - o grupo que diz que o sindicato nunca fez e nunca fará nada por você. Aqueles que, diante das dificuldades e da intransigência do governo, culpam o sindicato e na maioria das vezes nas eleições estaduais ajudam a eleger o mesmo patrão.

Afinal de contas, a luta é de todos e o sindicato de todos nós.