compartilhe>

Sifuspesp anuncia próximo passo a ser tomado em prol da categoria contra a Reforma da Previdência

 

Convocados pela Fenaspen, o Sifuspesp, representado por seu presidente Fábio César Ferreira, o Fábio Jabá, participará de reunião na terça-feira dia 09/05, em Brasília, assim como demais sindicatos do país, representantes da categoria dos funcionários do sistema penitenciário. A reunião tem como objetivo deliberar as próximas ações a serem tomadas a respeito da Reforma da Previdência, traçada no Projeto de Emenda Constitucional 287/16.

“Queremos garantir que a emenda que seja levada a votação, nos coloque na categoria equivalente à de polícia, para isso é necessária a aprovação de um destaque que inclua esta alteração ao texto original do relator da emenda. Mais do que nunca, precisamos estar organizados e unidos para dar continuidade nessa luta. Agora é a hora da unidade da base. A força de cada um, seja com a presença nos locais públicos, seja enviando suas reclamações aos deputados de sua região ou espalhando nossa mensagem de resistência pelas redes sociais, sendo portadores da voz do trabalhador do sistema penitenciário”, diz o presidente do Sifuspesp.

Segundo ele, o PPS fez a promessa de levar à plenário novamente, como destaque, a questão dos agentes. “Queremos garantir que o destaque seja levado e aprovado. Novamente pedimos que a categoria se una, cobrando de seus deputados que votem a favor dos agentes”.

O presidente reforça o chamado de toda categoria à união nesse momento decisivo e avisa que o Sindicato está aberto à organização de caravanas para acompanharem de perto as negociações em Brasília.

“Nossa ida para Brasília é um recuo, que demonstra a boa vontade e cavalheirismo da categoria para negociação, temos palavra e honra, e todos sabem que ela vale, no nosso meio”, ainda afirma ele.

Entenda o que aconteceu

Os servidores do sistema penitenciário ocuparam a Câmara dos Deputados no dia 02 /05, em luta pela retirada dos agentes penitenciários da categoria geral da Reforma da Previdência, exigindo que os servidores do sistema prisional sejam inclusos na mesma categoria de outros seguimentos da segurança pública.

Na data, acontecia sessão com deputados federais e comissão especial da PEC 287/16. Após uma negociação cheia de acordos descumpridos, e recuo da base do governo que calhou na retirada dos agentes penitenciários do destaque que seria votado para igualar a categoria nas especificidades de polícia, os servidores presentes invadiram a sessão em protesto - fato maciçamente noticiado pela grande mídia e sobretudo pelas redes sociais.

“Pedimos que a categoria esteja atenta aos meios de comunicação que têm estimulado a ideia de que os funcionários do sistema prisional se comportaram como delinquentes, devido ao ocorrido em Brasília, também tentam desqualificar nossa luta afirmando que somos moeda de troca do governo”, alerta o presidente do Sifuspesp. Esta é uma estratégia que visa impedir a ampliação de nossa luta na base e de apoio popular.

Entretanto as manifestações nas redes sociais deram visibilidade à categoria tão pouco falada, ainda realizando um trabalho de grande periculosidade, envolvido por dificuldades diversas e essencial para a sobrevivência do país.

“Percebemos pelas redes que grande parte da população brasileira se manifestou em apoio à nossa causa, trabalhadores do sistema penitenciário. A pressão, agora é de toda sociedade. Estamos confiantes que daremos mais um passo em direção à vitória”, conclui.

O que colhemos até agora não foi devido a manifestação dos meios de comunicação e nem do governo que nos traiu.  Foi resultado de luta organizada de nossa categoria, através de seu sindicato e de sua Federação.  Até este momento nosso saldo é de ampliação da unidade na luta da categoria, apoio da sociedade brasileira a nossa reivindicação. Possibilidade de inclusão de nossa categoria em aposentadoria especial. Visibilidade de nossas causas. E respeito por nossa coragem e atitude. Unidos e organizados somos mais forte. Lutar para mudar, nós acreditamos nisso.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar