compartilhe>

Por Redação SIFUSPESP


Policiais penais do Centro de Detenção Provisória de Guarulhos II, na Grande São Paulo, impediram no último domingo (5) a entrada de maconha e de droga sintética na unidade. 

As drogas estavam em um invólucro que uma visitante havia introduzido em sua genitália e o conteúdo foi detectado pelo scanner corporal durante a revista. 

A visitante foi encaminhada à delegacia para registro de boletim de ocorrência e foi aberto Procedimento Disciplinar na unidade para apurar a cumplicidade dos detentos que receberiam os entorpecentes.