compartilhe>

Dirigentes se reuniram com a Ouvidoria do Departamento Penitenciário Nacional nesta sexta (4) e cobraram providências contra a cogestão de unidades anunciada pelo governador João Doria


Por Redação SIFUSPESP

A direção do SIFUSPESP  e da FENASPEN esteve na Ouvidoria do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) na manhã desta sexta-feira (4), em Brasília, para denunciar a privatização das unidades de Gália I e II, Aguaí e Registro anunciadas pelo governador João Doria (PSDB). 

Os dirigentes pediram providências alertando para a ilegalidade de transferir a terceiros o trabalho do agente penitenciário, que compete exclusivamente ao Estado. 

Eles denunciaram ainda que as unidades que estão sendo licitadas por Doria foram construídas com verba pública, o que inclui recursos do Depen, e por isso não poderiam ser totalmente terceirizadas como propõe o governo estadual. 

Após a reunião deste 4 de outubro, o Departamento Jurídico do sindicato prepara um documento para formalizar a denúncia junto à Ouvidoria do Depen.

Dirigentes do SIFUSPESP, da FENASPEN e representantes da Ouvidoria do Depen reunidos em Brasília