compartilhe>

Um preso agrediu um agente de segurança penitenciária(ASP) nesta quarta-feira(3) na Penitenciária de Pacaembu, no interior do Estado.

O caso aconteceu quando o servidor foi ao pavilhão disciplinar, onde o detento tentou passar um fio no entorno do pescoço do ASP e furá-lo com uma ponteira.

Felizmente, o agente teve apenas ferimentos superficiais e conseguiu se desvencilhar do ataque sem correr mais riscos.

Foi elaborada uma Notificação de Acidente de Trabalho(NAT) sobre a agressão, enquanto os demais procedimentos de praxe serão adotados pela direção da unidade. 

O ASP recebeu atendimento médico e terá respaldo total do SIFUSPESP para eventuais ações jurídicas e orientação psicológica em decorrência da agressão.

A penitenciária de Pacaembu é uma das que apresenta maior índice de superlotação do Estado, contando atualmente com uma população de 2.121 presos para uma capacidade de apenas 873, de acordo com dados da Secretaria de Administração Penitenciária(SAP).

O grande número de presos para uma quantidade cada vez mais escassa de agentes é uma das principais causas do aumento no número de agressões contra os funcionários.