compartilhe>

Cerca de 10 detentos estão em tratamento e isolados para evitar que a doença se alastre pela unidade

 

As visitas de familiares de detentos foi suspensa neste sábado (10) e domingo (11) no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mauá devido a um surto de sarampo que atinge a unidade. 

Há pelo menos 10 presos diagnosticados e em tratamento da doença, segundo informação da  Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) reproduzida pelo site Repórter Diário. 

Ainda segundo apuração do site, até a última quinta-feira (8) as vítimas estavam isoladas e, na sexta (9) foi interrompida a entrada e saída dos detentos para impedir que a doença se alastre e que o surto atinja outras celas e raios do CPD.