compartilhe>

No último sábado, 18/05, a companheira de um detento tentou ingressar na Penitenciária de Martinópolis com 165 (cento e sessenta e cinco) invólucros contendo substância com aparência e odor análogos à maconha.

A droga estava escondida em meio à alimentação que seria entregue ao sentenciado, e foi identificada após procedimento padrão de revista por parte dos agentes de segurança penitenciária(ASPs).

A mulher foi suspensa do rol de visitas e encaminhada à delegacia de polícia local para elaboração do auto de prisão em flagrante.

Já o sentenciado responderá a Procedimento de Infração Disciplinar.