compartilhe>

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre as apreensões realizadas por agentes no último final de semana, 24 e 25 de novembro, antes da entrada em presídios de todo o estado de São Paulo.

Todos os casos foram registrados por meio de boletim de ocorrência e os visitantes flagrados foram automaticamente suspensos do rol de visitas.

Em cada uma das apreensões, os presos foram isolados e respondem a Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade daqueles que receberiam os materiais ilícitos.

 

Lavínia

Na Penitenciária II "Luis Aparecido Fernandes" de Lavínia, oito visitante foram flagradas tentando entrar com ilícitos na unidade, sendo quatro no sábado, 24, e quatro no domingo, 25. No sábado, três irmãs de sentenciados da unidade foram flagradas tentando levar placas e teclados de micro aparelho, além de um micro aparelho celular, em todos os casos, escondidos no interior do próprio corpo. Já no domingo, três companheiras e uma irmã de presos da unidade foram flagradas tentando entrar com micro aparelhos celulares também ocultos no corpo.

  

Na Penitenciária III "ASP Paulo Guimarães" de Lavínia, ocorreram duas apreensões no domingo, 25, com visitantes, ambas companheiras de sentenciados da unidade durante revista com aparelho de scanner corporal. Elas foram flagradas com invólucros ocultos no genitais, sendo que uma tentava entrar com maconha e outra, um celular.

 

Valparaíso

No dia 25, no Centro de Progressão Penitenciária de Valparaíso, companheira de reeducando foi flagrada pelo aparelho de scanner corporal com um micro aparelho de telefonia celular oculto num invólucro dentro dos genitais. Além da visitante ter sido suspensa do rol, o preso teve o regime semiaberto sustado e foi isolado.

 

Andradina

No dia 24, na Penitenciária "ASP Anísio Aparecido de Oliveira" de Andradina, ao passar pelo equipamento de scanner corporal, visitante chamou a atenção de agente que operava o aparelho com algo estranho na região dos genitais. Questionada por servidora, a visitante entregou de forma espontânea um invólucro contendo maconha.

Junqueirópolis

No último fim de semana, aconteceram duas apreensões na Penitenciária de Junqueirópolis. No dia 24, durante o procedimento de revista com uso do aparelho de inspeção corporal, servidores perceberam a presença de um objeto estranho nas partes íntimas de companheira de sentenciado da unidade. Como a visitante recusou-se a retirar espontaneamente, foi acionada a presença da Polícia Civil que levou a visitante em questão para realizar exame de raio X na Santa Casa local, sendo ratificada a presença do objeto após o exame. Foi constatado que tratava-se de um invólucro, que continha em seu interior um aparelho do tipo microcelular. No domingo, 25, ocorreu o mesmo fato com outra visitante, companheira de outro sentenciado, porém dessa vez ela ocultava 78.5 gramas de substância amarelada aparentando tratar-se de massa epóxi.

  

Flórida Paulista

Na Penitenciária "AEVP Cristiano de Oliveira" de Flórida Paulista, no sábado, 24, agentes encontraram cocaína em aparelho de barbear trazido por visitante, companheira de sentenciado da unidade.

 

Presidente Prudente

No dia 25, na Penitenciária "Wellington Rodrigo Segura" de Presidente Prudente, a agente que acompanhava a revista pelo aparelho de scanner corporal percebeu um volume suspeito no sutiã modelo “top” de visitante. Em sala reservada solicitou que esta levantasse o top para averiguação, oportunidade em que caiu uma trouxa de pano com uma porção de maconha.

Martinópolis

Foram duas apreensões durante o fim de semana na Penitenciária "Tacyan Menezes de Lucena" de Martinópolis. No dia 24, companheira de sentenciado tentou ingressar com um invólucro na oculto na calcinha, contendo um aparelho de telefonia celular. Já no dia 25, outra companheira de outro sentenciado tentou ingressar com um invólucro inserido na genitália, que ocultava cocaína.

 

Mirandópolis

Na Penitenciária II "ASP Lindolfo Terçariol Filho" de Mirandópolis, no sábado, 24 agentes flagraram visitante tentando entrar com 15 invólucros de maconha, ocultos em maços de cigarros. A apreensão se deu durante a revista dos pertences da visitante, antes da entrada na unidade. No domingo, 25, durante inspeção com o aparelho de scanner corporal, agentes encontraram 100 comprimidos, aparentando trata-se de estimulantes sexuais, ocultos na região pélvica de companheira de reeducando da unidade. A apreensão se deu após a verificação pelo aparelho de scanner corporal.

 

 

Leia a matéria:

http://www.sap.sp.gov.br/noticias/pauta-27-11-18.html#top