compartilhe>

A recepção aconteceu nos dias das sessões de anuência, facilitando a estadia dos convocados com café-da-manhã e espaço para descanso

 

O Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (SIFUSPESP) recepcionou os agentes aprovados dos concursos 2014 e 2013 para ASPs e AEVPs que constavam na lista de anuência nos dias 20, 21, 24 e 25 de setembro. Os novos ingressos no sistema prisional paulista vieram das mais diversas regiões do Estado e o sindicato pode fazer o acolhimento, dar orientações, tirar dúvidas, aproximá-los da realidade do trabalho.

Segundo o presidente do SIFUSPESP, Fábio Ferreira, o Jabá, os aprovados sentiram-se apoiados neste momento de expectativas e inseguranças. Nesses dias, o sindicato tornou-se um recanto de possíveis novos servidores do Estado de São Paulo.

 

   

“Nós, já inseridos na Secretaria de Administração Penitenciária, a SAP, também estamos na espera dessas contratações e esperamos que seja breve, já que existe uma defasagem no número de trabalhadores. A abertura de vagas de novos funcionários para sistema penitenciário também é uma luta do sindicato”, afirmou Jabá.

A estadia dos candidatos às vagas foi realizada com tranquilidade e bem aceita. Todos puderam perceber os primeiros ares da profissão pelo contato com diretores e com o presidente do sindicato. O trabalho foi satisfatório e ficou claro mais uma vez o papel fundamental que o SIFUSPESP tem desempenhado e influenciado todos os setores de nossa categoria.


 

Luta com estratégia e coragem

O SIFUSPESP, representando a categoria de funcionários do sistema prisional, esteve em reuniões com o governador do Estado, Márcio França(PSB) tendo por estratégia previamente estabelecida a abertura para diálogo, para discutir diversas pautas, entre elas este pedido de abertura de vagas dos concursos de 2013 e 2014.

O governo de São Paulo autorizou a convocação de 371 agentes de segurança penitenciária(ASPs) do gênero masculino, 85 do feminino, e 29 agentes de escolta e vigilância penitenciária(AEVPs). Os servidores são remanescentes do concurso público para essas carreiras realizado em 2013.

Em publicação no Diário Oficial no dia 01/09, administração Márcio França(PSB) também determinou a abertura de um certame exclusivo para a contratação de 84 novos médicos e 25 oficiais operacionais para atuarem no sistema prisional paulista.

O SIFUSPESP também esteve reunido com o secretário estadual de Planejamento e Gestão, Maurício Juvenal, no mesmo intuito, ocasião em que foi confirmada a chamada de cerca de 100 AEVPs.

No dia 18/09, um total de 917 agentes de segurança penitenciária(ASPs) dos gêneros masculino e feminino aprovados nos concursos públicos de 2013 e 2014. O governo oferece ao todo 471 vagas.

O sindicato continua na luta pela abertura de mais vagas para o sistema prisional paulista. Vale lembrar que segundo auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) do ano de 2016, São Paulo, é o Estado que possui o menor número de agentes penitenciários por presos se comparado que média do país: um agente para cada 10 detentos, sendo a média nacional o número de 7,61.                          

  

O sindicato somos todos nós unidos e organizados.