compartilhe>

Praia Grande

No sábado, ao revistar os pertences trazidos por uma visitante, os agentes de segurança penitenciária do Centro de Detenção Provisória (CDP) "ASP Charles Demitre Teixeira" de Praia Grande encontraram 15 pontos de LSD. A jovem é companheira de um detento da unidade e admitiu que o conteúdo apreendido era alucinógeno.

São Vicente

Ainda no mesmo dia, no CDP "Luis César Lacerda" de São Vicente, uma visitante foi barrada quando as servidoras da unidade perceberam um objeto estranho na região torácica da jovem a partir das imagens geradas pelo escâner corporal. Tratava-se de dois invólucros com maconha, somando 150 gramas da erva, que a suspeita trazia escondidos no top.

No domingo, outra visitante foi flagrada com 275 gramas de maconha costurados na roupa no CDP de São Vicente. O material foi detectado pelo scanner corporal, quando uma mulher foi submetida ao procedimento de revista. Pelas imagens geradas pelo equipamento, foi possível identificar um volume estranho no cós e nas barras calça, onde estava escondida a droga.

  

 Mogi das Cruzes

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que foram apreendidos 68,4 gramas de entorpecentes, além de 22 comprimidos de ecstasy, com duas jovens que tentavam entrar no Centro de Detenção Provisória de Mogi das Cruzes. Os flagrantes aconteceram no sábado, dia 28 de julho.

Por volta das 8h, uma mulher de 21 anos foi barrada com 0,7 grama de maconha costurada na barra da calça. Ao ser submetida ao processo de escaneamento corporal, as agentes de segurança penitenciária perceberam um volume estranho em sua roupa. Questionada, a visitante, companheira de um detento da unidade, admitiu que carregava ilícitos.

Pouco mais tarde, uma jovem de 19 anos também foi flagrada com entorpecentes ao passar pelo body scanner. Ao todo, foram apreendidos 59,5 gramas de cocaína, 8,2 gramas de maconha e 22 comprimidos de ecstasy em um invólucro que a suspeita carregava na vagina.

Ambas foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia, além de terem seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. A direção do CDP registrou Boletim de Ocorrência e enviou comunicado para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurar Procedimento Disciplinar Apuratório.

 

Taubaté

No sábado, os agentes de segurança penitenciária do Centro de Detenção Provisória "Dr. Félix Nobre de Campos" de Taubaté surpreenderam uma visitante que carregava um cigarro de maconha escondido dentro de RG. A mulher é companheira de um detento do estabelecimento penal.

Potim

No mesmo dia, na Penitenciária I “AEVP Jair Guimarães de Lima”, P1 de Potim, ao revistar os mantimentos trazidos por uma mulher, os servidores suspeitaram do odor exalado por um saco plástico com achocolatado, que pesava 678 gramas. Tratava-se de maconha reduzida à pó misturada ao alimento, que a suspeita entregaria a seu companheiro, sentenciado da unidade.

No domingo, também na P1 de Potim, um jovem foi flagrado com 72 gramas de maconha em um invólucro introduzido na parte íntima. O material foi detectado pelo aparelho de escaneamento corporal e o visitante foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Guaratinguetá, onde admitiu que carregava a droga, retirada espontaneamente em local reservado.

 

 

 

Fonte: SAP

http://www.sap.sp.gov.br/