compartilhe>

Detentos chegaram a escavar túnel, descoberto durante fiscalização de rotina

Agentes de segurança penitenciária conseguiram impedir presos do Centro de Detenção Provisória(CDP) de Caraguatatuba de fugirem da unidade por um túnel feito na quadra do pátio do pavilhão 5. O buraco, com cerca de um metro de profundidade, foi aberto pelos sentenciados mas acabou descoberto na última sexta-feira, 28/07. A informação sobre o episódio, no entanto, só foi divulgada pela Secretaria de Administração Penitenciária(SAP) na segunda-feira.

Devido à tentativa de fuga, a diretoria da unidade decidiu suspender as visitas que seriam feitas durante o final de semana aos detentos do pavilhão onde estava o túnel, além de isolar os presos que foram identificados como os responsáveis por cavá-lo. A SAP abriu uma sindicância para apurar como os sentenciados conseguiram ferramentas e de que forma agiram.

Funcionários fecharam o buraco com concreto e fizeram uma blitze em toda unidade nesta segunda-feira, 31/07, com o objetivo de encontrar possíveis objetos utilizados para abrir o buraco, além de outras contravenções.

O CDP de Caragatatuba está superlotado, com uma população atual de 1.270 presos, sendo que sua capacidade é para apenas 847 sentenciados.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar