compartilhe>

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre as apreensões realizadas por agentes no último final de semana, 24 e 25 de novembro, antes da entrada em presídios de todo o estado de São Paulo.

Todos os casos foram registrados por meio de boletim de ocorrência e os visitantes flagrados foram automaticamente suspensos do rol de visitas.

Em cada uma das apreensões, os presos foram isolados e respondem a Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade daqueles que receberiam os materiais ilícitos.

 

Guarulhos

No CDP "ASP Giovani Martins Rodrigues", de Guarulhos I, a companheira de um preso, foi pega, no dia 24 , durante procedimento de revista corporal mecânica no equipamento scanner corporal portando papel higiênico na região genital, simulando ser absorvente íntimo, contendo substância análoga à cocaína - aproximadamente 11 (onze) gramas. Em decorrência dessa apreensão foi emitido Boletim de Ocorrência nas dependências do 4º Distrito Policial de Guarulhos.

 

Diadema

Duas visitantes foram surpreendidas no dia 25, durante o procedimento de revista ao passarem pelo scanner corporal. A primeira visita era companheira de reeducando e a segunda era a mãe de outro preso. Ambas tentavam adentrar no CDP de Diadema portando invólucros contendo substâncias análogas à maconha e à cocaína, que estavam introduzidas em suas genitálias.

 

Mauá

No dia 24, a companheira de um detento foi surpreendida tentado adentrar no CDP de Mauá com um aparelho celular introduzido em seu corpo. Ao passar pelo scanner corporal, o equipamento identificou uma imagem suspeita. Após inquerida, a visitante confirmou estar com um objeto introduzido e em local adequado espontaneamente retirou o objeto estranho de seu corpo.

 

Franco da Rocha

No dia 24, duas visitantes, companheiras de sentenciados, foram surpreendidas no momento em que passavam pelo scanner corporal tentando adentrar no CPP de Franco da Rocha com invólucros contendo substâncias entorpecentes análogas à cocaína e à maconha. Em uma das apreensões o invólucro estava oculto no cós da calça da visitante e na outra apreensão as substâncias estavam introduzidas na genitália da companheira do recluso.

 

As Penitenciárias II “Nilton Silva” e III "José Aparecido Ribeiro", ambas de Franco da Rocha, também fizeram apreensões envolvendo companheiras de sentenciados que foram surpreendidas tentando adentrar às unidades portando invólucros contendo substâncias aparentando ser maconha e cocaína nos dias 24 e 25. Na PII, as apreensões estavam misturadas ao pacote de fumo.

Quatro desses casos que foram relatados na PIII, os invólucros estavam introduzidos no ânus ou na vagina das pessoas envolvidas, num total de 158 gramas de substância aparentando ser maconha e 168 gramas de pó amarelo semelhante à cocaína. Nesse fim de semana a mãe de um sentenciado também foi pega tentando levar substância parecida com maconha camuflada nos cigarros e no fundo falso do maço.

  

 

Leia a matéria:

http://www.sap.sp.gov.br/noticias/pauta-27-11-18.html#top