compartilhe>

Junqueirópolis -

Foram duas apreensões na Penitenciária de Junqueirópolis, sendo uma no sábado, (06/10), e outra no domingo, (07/10).

No sábado, agentes perceberam a presença de um objeto estranho nas partes íntimas de companheira de preso da unidade. Questionada, a visitante admitiu ter um objeto ilícito, mas não falou do que se tratava e disse ainda que não conseguiria retirar sozinha.

Desta forma foi acionada a presença da Polícia Civil que encaminhou a visitante em questão para o plantão policial. Ao chegar na delegacia local ela retirou espontaneamente um invólucro e ainda forneceu algumas informações aos policiais. Estes dirigiram-se até o hotel onde ela estava hospedada e ao efetuarem revista em seus pertences pessoais encontraram mais cinco invólucros.

Mais tarde a Penitenciária foi informada de que dentro de todos os invólucros continha a presença de uma substância esbranquiçada aparentando tratar-se de cocaína.

No domingo, outra visitante, companheira de outro sentenciado da unidade, foi flagrada da mesma com um invólucro que retirou espontaneamente na presença de duas servidoras. Aberto, ele continha em seu interior um aparelho do tipo micro celular.

  

Lavínia -

Foram duas apreensões no sábado, 6 de outubro, na Penitenciária II "Luis Aparecido Fernandes" de Lavínia. Em ambas, agentes perceberam algo estranho na região dos genitais de companheiras de sentenciados da unidade, por meio do aparelho de scanner corporal da unidade. Indagadas, elas retiraram voluntariamente do órgão genital, um invólucro cada uma. Abertos, cada um trazia um micro aparelho de telefonia móvel celular.

 

Martinópolis-

Na Penitenciária "Tacyan Menezes de Lucena" de Martinópolis, foram quatro apreensões, sendo três no sábado, (0610), e uma no domingo, (07/10). No sábado, companheira de sentenciado tentou ingressar na unidade com um invólucro inserido na região genital. Dentro, havia maconha. O material e a visitante foram encaminhados para a Delegacia local.

Na mesma data, outra companheira de sentenciado tentou ingressar na unidade com um invólucro inserido na região genital. Dentro, havia um micro aparelho de telefonia celular.

Em seguida, outra companheira de sentenciado tentou ingressar com um invólucro inserido na região genital, que também continha um micro aparelho de telefonia celular.

No dia seguinte, mais uma companheira de sentenciado tentou ingressar na unidade com um invólucro introduzido em seu órgão genital, que camuflava um micro aparelho de telefonia celular sem a carcaça. O objeto e a visitante foram encaminhados para a Delegacia de Polícia local.

 

Mirandópolis -

Na Penitenciária II "ASP Lindolfo Terçariol Filho" de Mirandópolis, no domingo, (07/10), ocorreu a apreensão de impressões de redes sociais que estavam ocultadas em meio aos alimentos destinados a sentenciado, trazidos por visitante.

Pacaembu -

A Penitenciária "Ozias Lúcio dos Santos" de Pacaembu teve duas apreensões no sábado, (06/10). Na primeira, agentes perceberam algo estranho em imagem de visitante feita pelo scanner corporal da unidade. A companheira de reeducando foi flagrada com um invólucro, oculto na região dos genitais, contendo cocaína.

Outra visitante, irmã de outro sentenciado, foi surpreendida da mesma forma tentando entrar com um invólucro, contendo maconha.

 

Presidente Bernardes

No sábado, (06/10), duas visitantes, foram surpreendidas tentando entrar com objetos proibidos na Penitenciária “Silvio Yoshihiko Hinohara” de Presidente Bernardes.

Durante procedimento de revista no scanner corporal, uma visitante foi flagrada com um aparelho de telefonia celular introduzido em sua genitália.

Mais tarde, durante a revista da alimentação que outra visitante trazia para seu companheiro, foi encontrada dentro de uma vasilha com arroz, escondida entre camadas do referido alimento, uma porção de pó branco.

Em ambos os casos, as visitantes foram conduzidas à Delegacia de Polícia local, onde foram lavrados os respectivos Boletins de Ocorrência.

 

Presidente Prudente -

Na Penitenciária "Wellington Rodrigo Segura" de Presidente Prudente, no domingo, (07/10), companheira de sentenciado entrou na sala de revista no regime fechado da unidade prisional, momento em que a servidora do local notou que a visitante estava muito apreensiva e que exalava forte odor de “maconha”. Em sala reservada, a agente solicitou à visitante que vestisse roupa da unidade para ser submetida ao scanner corporal. Ao verificar as roupas da companheira, foi encontrado no “top” que vestia um bolso falso, onde havia uma porção de maconha.

 

Riolândia -

Na Penitenciária "João Batista de Santana" de Riolândia, companheira de sentenciado, durante os procedimentos rotineiros de revista em seus pertences, foi encontrado em meio a dois rolos de papel higiênico camuflados em dois pedaços de papel de aproximadamente 15 x 5 cm, aparentando ser supostamente o entorpecente conhecido por LSD, conforme foto em anexo.

A apreensão, juntamente com a visitante, foi encaminhada para Central de Flagrantes de Votuporanga por meio da Polícia Militar.

 

Fonte: SAP <http://www.sap.sp.gov.br/