compartilhe>

Capital - Zona Leste

Durante o último final de semana de visitas (8 e 9/09), duas mulheres tentaram entrar com entorpecentes no Centro de Detenção Provisória “Chácara Belém I”, unidade localizada na zona leste de São Paulo.

No sábado (08/09), a companheira de um preso escondia ilícitos característicos à maconha na barra de sua calça. Ao passar por revista, a parte da peça de roupa que escondia o entorpecente foi desdobrado e o material entregue aos servidores presentes.

Já no domingo (09/09), maconha e cocaína estavam escondidos no cós e na barra da calça da visitante. Os casos foram registrados no 31° Distrito Policial de Vila Carrão para demais providências de praxe.

 

Santo André

No Centro de Detenção Provisória (CDP) de Santo André, no sábado (08/09), os servidores de plantão constataram uma anormalidade na região abdominal de uma visitante, que passava por revista no scanner corporal. Ao ser encaminhada para local apropriado para revista manual, foi observado que a mulher levava substâncias características à maconha e à cocaína em seu absorvente íntimo.

Ainda no mesmo dia, outra visitante tentou entrar na unidade penitenciária de Santo André com ilícitos. Dessa vez, o material escondido era um aparelho celular que estava introduzido em seu corpo. O volume anormal na região abdominal da mulher foi visto pelo scanner corporal.

Os casos foram encaminhados ao 4° Distrito Policial de Santo André, onde foram registrados Boletins de Ocorrência para demais procedimentos cabíveis.

  

São Bernardo do Campo

Agentes do Centro de Detenção Provisória (CDP) “Dr. Calixto Antônio”, de São Bernardo do Campo, apreenderam entorpecente análogo à maconha com uma visitante da unidade. O fato foi registrado no último domingo (09/09), enquanto a mulher aguardava para passar por revista no aparelho scanner corporal.

Os agentes de plantão observaram um volume atípico na região dorsal, entre os ombros, da mulher que, ao ser questionada, afirmou ser a etiqueta do top que estava utilizando. Para realização de uma revista mais detalhada, a visitante foi encaminhada a local apropriado e o ilícito foi encontrado. Após recolhimento do entorpecente a mulher foi encaminhada ao 3° Distrito Policial de São Bernardo do Campo para registro de Boletim de Ocorrência.

  

Diadema

Durante o domingo (09/09), os agentes de segurança do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Diadema apreenderam duas visitantes com entorpecentes característicos à maconha. Em uma das situações a mulher estava com um invólucro do ilícito introduzido em sua parte íntima.

No segundo caso, o entorpecente estava distribuído em dois pacotes, que foram camuflados no enchimento da calcinha da visitante. Os entorpecentes foram encontrados pelos agentes durante revista via scanner corporal, procedimento padrão realizado em todos os visitantes da unidade.

Os casos foram encaminhados ao 1° Distrito Policial de Diadema para registro de Boletim de Ocorrência e demais procedimentos padrão.

  

Mauá

No Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mauá, no domingo (09/09), uma visitante de 18 anos tentou entrar na unidade penitenciária com um aparelho micro celular introduzido em sua parte íntima. O objeto foi flagrado durante revista feita pelo aparelho de scanner corporal, que indicou anormalidade na região do abdômen da mulher.

Após passar pela revista, a visitante foi perguntada e informou que possuía um invólucro com o micro celular em seu corpo. Em local apropriado, o ilícito foi retirado de seu corpo e entregue aos agentes responsáveis para instaurar as devidas providências.

 

Itapecerica da Serra

No domingo (09/09), no Centro de Detenção Provisória (CDP) “ASP Nilton Celestino”, de Itapecerica da Serra, a esposa de um preso foi flagrada ao passar pela revista no scanner corporal com um invólucro contendo ilícito característico à maconha escondido no cós de sua calça.

Ao ser questionada, a visitante alegou estar com uma quantidade do ilícito em sua roupa. Após ter sido retirada, os agentes pesaram o conteúdo e constataram 74g de entorpecente. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia de Itapecerica da Serra para demais providências cabíveis.

 

Guarulhos

No sábado (08/09) de visitas do Centro de Detenção Provisória (CDP) “ASP Giovani Martins Rodrigues” I, de Guarulhos, a companheira de um preso foi pega com um invólucro contendo substâncias análogas à maconha e à cocaína introduzidos em sua genitália.

O pacote de formato oval foi registrado nas imagens do scanner corporal, procedimento de revista padrão realizado nos visitantes. Depois de questionada e de ter retirado o invólucro de seu corpo, em local apropriado e de forma espontânea, foi constatado 102g dos entorpecentes.

O boletim de ocorrência do caso foi registrado no 4° Distrito Policial de Guarulhos e demais procedimentos de apuração serão realizados.

  

Fonte: SAP

http://www.sap.sp.gov.br/