compartilhe>

 

Fonte G1 Goiás: Ameaças de morte, desvio de funções e medo fazem parte da rotina de agentes prisionais goianos, segundo o relato de um deles ao G1. Há quase 30 anos na profissão, o servidor conta que a população carcerária está cada vez mais violenta e organizada em facções criminosas. Em contrapartida, as unidades prisionais estão desprovidas de profissionais.

“O mais difícil no trabalho hoje é manter a integridade do próprio agente. A gente não tem segurança dentro do presídio e, muito menos, na rua. Já fui ameaçado de morte muitas vezes. Vários amigos meus foram mortos nesses 30 anos. Temo pela minha vida, pela minha família”, conta.

Veja a matéria de Paula Resende na íntegra:

 

https://g1.globo.com/go/goias/noticia/agente-prisional-revela-ameacas-de-morte-e-desvio-de-funcoes-baba-de-preso.ghtml